Alexandre Borges, do Pros, foi escolhido por 62,1% dos eleitores de Ibitiúra de Minas

A cidade de Ibitiúra de Minas tem um novo prefeito, Alexandre de Cássio Borges, do Pros, foi eleito com 62,19% dos votos pelos eleitores, que foram às urnas neste domingo (1). O Aguinaldo Ferreira da Costa é novo vice-prefeito. Eles ficam no cargo até dezembro de 2020.

A diplomação de prefeito e vice está prevista para o dia 19 de dezembro, sendo que a posse deve ocorrer no dia seguinte, segundo o Cartório Eleitoral de Andradas, que responde por Ibitiúra de Minas.

A nova eleição ocorreu porque os eleitos em 2016 com 49,1% dos votos foram cassados por abuso de poder político durante a campanha. O Tribunal Regional Eleitoral tornou o ex-prefeito José Tarcisio Raymundo (PSDB) e o vice-prefeito Romildo do Prado Bernardo (PSD) inelegíveis por oito anos.

Prefeito e vice chegaram a ser inocentados na primeira instância, mas a decisão foi revertida pelo TRE, que entendeu ter sido configurado o abuso de poder político. De acordo com o relator do caso, juiz Ricardo Torres Oliveira, houve pedidos de votos e ameaças de perda de emprego para quem não se engajasse na campanha

Segundo o Tribunal Regional Eleitoral, 2.433 eleitores voltaram às urnas em Ibitiúra de Minas neste domingo, um comparecimento de 78,23% do eleitorado. Deles, 2,54% votaram em branco e 7,29% anularam a escolha.