Antonio Luiz do Carmo teria sofrido um choque elétrico enquanto manuseava um motor de irrigação. Foto das redes sociais.

Um produtor rural, de 36 anos, morador do Distrito do Campestrinho, em Andradas morreu eletrocutado na tarde desta quarta-feira, 17, em uma plantação de batatas em uma propriedade rural localizada no Distrito de Crisólia, em Ouro Fino /MG. A suspeita é de que o homem tenha sofrido um choque elétrico enquanto manuseava um motor de irrigação.

Antonio Luiz do Carmo foi encontrando desacordado ao lado de um motor de irrigação, sendo socorrido por outros trabalhadores em um veículo  até o Pronto Atendimento de Andradas.

Segundo a direção da Santa Casa de Andradas, a  vítima já chegou sem vida ao Pronto Atendimento e  foi encaminhada ao IML-Instituto Médico Legal de Poços de Caldas. O laudo com a causa da morte deverá sair dentro de 30 dias.

Antonio Luiz do Carmo era casado com a  professora Marilene do Carmo e deixa os filhos Antônio Luiz do Carmo Filho, Francisco e Maria Antônia. O velório será na residência da vítima, no Distrito do Campestrinho e o sepultamento será às 10 horas quinta-feira, 17, no Cemitério Municipal do Campestrinho.