O corpo de Camila Novais foi encontrado em uma casa abandonada em junho de 2018.
Durante interrogatório Flauberti Silva confessou ter matado Camila Novais.

Na semana em que o crime bárbaro completa um ano, Flauberti Silva foi condenado pelo Tribunal do Júri de Andradas a 20 anos de prisão pelo homicídio de Camila Novais Lima (29), que aconteceu em uma casa abandonada na Av. Bias Fortes em Andradas. O julgamento aconteceu no Fórum de Andradas nesta terça-feira (11).

O corpo de Camila Novais foi encontrado em uma casa abandonada em junho de 2018.

O crime

Na manhã de sábado de 16 de junho de 2018, a vítima foi encontrada morta em uma casa abandonada na Av. Bias Fortes, sem roupas e com  marcas de agressão pelo corpo e no rosto. O suspeito usou pedaços de blocos para agredir a mulher, que também apresentava sinais de queimaduras pelo corpo.

Imagens de câmeras de uma residência vizinha e uma blusa deixada no local, ajudaram a Polícia Civil a identificar  Flauberti Silva, que era morador de rua e costumava utilizar a mesma residência para dormir. O suspeito foi preso no dia 20 de junho de 2018 e durante interrogatório confessou ter matado Camila Novais.