A adolescente foi apreendida e encaminhada para a Delegacia de Poços de Caldas.

O homicídio aconteceu por volta das 4 horas da madrugada deste domingo(14) em uma residência no Bairro Sete de Setembro em Andradas. Uma adolescente de 17 anos teria dado três facadas no peito do morador.

Segundo as primeiras informações, o morador Marcos Rogério Francisco (Keka),  de 41 anos, teria convidado a adolescente e suas amigas para  jantar em sua casa, outros três rapazes teriam ido com ela, irritado com a presença das outras três pessoas que não haviam sido convidadas, começou  uma briga e a adolescente após tomar a faca das mãos  da vítima a esfaqueou com três facadas no peito. A briga teria acontecido do lado de fora da residência, após o homem expulsar os três rapazes que teriam ido sem ser convidados pelo morador.

O lavrador Marcos Rogério Francisco foi atingido por um golpe de faca do lado de fora da própria casa e outros dois dentro do imóvel. As facadas atingiram um braço, o peito e o abdômen da vítima.

Um sobrinho de Marcos, que mora próximo ao local, ouviu uma briga e foi até a casa. Ele conseguiu desarmar a suspeita e mantê-la no imóvel até a chegada da polícia.

O lavrador foi socorrido por policiais militares até o Pronto Atendimento de Andradas, mas não resistiu e veio a óbito. A adolescente foi apreendida e encaminhada para a Delegacia de plantão em Poços de Caldas.

Em sua versão à polícia, a jovem alegou legítima defesa. Segundo a delegacia, não há informações se ela será apreendida. A adolescente S.R.F, já tem passagens pela polícia por agressão. O homem deixa três filhos.

Homicídios em Andradas

Segundo levantamentos do site G1, com o crime deste domingo, Andradas aparece como a cidade com mais homicídios registrados em 2019 na região. Foram quatro mortes violentas entre março e abril.

As outras três mortes foram no mês de março. A primeiro foi registrada no dia 8, quando uma mulher matou um homem de 23 anos após uma discussão.

O segundo crime na cidade foi no dia 9, quando um lavrador morreu esfaqueado ao tentar defender a sogra. Já no dia 29 de março, outro crime marcou a cidade – a morte de um bebê de três meses, que teve o pai apontado como o principal suspeito. A polícia afirma que a criança foi espancada.