Durante operação dois homens foram presos em flagrante e 17 armas apreendidas.

Na manhã desta terça-feira (12), um torneiro mecânico  de 52 anos, muito conhecido na cidade de Alfenas, foi preso em uma operação conjunta entre as Polícias Civil de São Paulo e  Minas Gerais, além do torneiro mais um homem de 32 anos foi preso, que era o responsável pela entrega das armas. Com a dupla foram apreendidas um arsenal de armas que abastecia o crime na cidade de Campinas/SP.

A Polícia Civil de São Paulo investigava  o caso há cerca de um ano,  após identificar alguns criminosos utilizando armas caseiras,  em uma dessas ocorrências no interior paulista, bandidos trocaram tiros com policiais militares em um confronto que terminou com mortes.

Durante a  ação, um veículo Fiat Bravo foi abordado e  dentro  dele, foi encontrado uma caixa contendo duas sub metralhadoras e uma espingarda (calibre 12). Segundo a Polícia Civil, o comparsa confessou que estava de posse das armas e as entregaria para criminosos de São Paulo.

A Polícia Civil também cumpriu mandado na casa do torneiro mecânico, onde foram apreendidas várias armas airsoft, dentre pistolas, fuzis e até uma metralhadora.

Os dois homens foram presos em flagrante e ao todo foram 17 armas apreendidas, entre simulacros e armamento de fabricação caseira, dois coletes a prova de bala e uma quantidade em dinheiro. Algumas armas possuíam até logomarca própria do fabricante preso e chegavam a custar até  5 mil reais.