Diante do rompimento da barragem de Brumadinho muitos boatos surgiram na região do Sul de Minas, especialmente sobre as barragens localizadas na cidade de Poços de Caldas. Áudios e imagens de barragens de Poços de Caldas foram espalhadas  pelo whatsapp, causando  medo nos moradores da região. O geólogo  Hélio Scalvi, com 43 anos de experiência no assunto, já participou como observador da construção da barragem da INB e visitou muitas barragens entre elas Alcoa, Curimbaba, Phelps entre outras,  falou com nossa reportagem e tranquiliza a população.

Imagem e espalhados pelo whatsapp assusta moradores da região de Poços de Caldas.

A região concentra 15 mineradoras, localizadas nas cidades de Caldas, Nazareno, Guaranésia, Fortaleza de Minas, São Tiago e Passos. Poços de Caldas tem o maior número de barragens, com 18 ao todo.

Segundo Scalvi,  as barragens localizadas no Sul de Minas são  infinitamente menores do que as barragens  da região de Belo horizonte e a quantidade de material que está ali disposto, também é menor do  que aquela de Brumadinho, por exemplo. Segundo ele, ainda que houvesse um rompimento, não haveria perigo.

E o mais importante reforça o geólogo, a forma como são construídas as barragens aqui em Poços de Caldas, com  tecnologia avançada, com dreno em forma de flauta, que drena toda a água do maciço, o que torna o maciço muito mais seco do que as barragens da região de Mariana e Brumadinho. Algumas barragens como a de Brumadinho são antigas e o material usado (próprio resíduo) é mais passível de movimentações e fraturas, exigindo monitoramento constante.

Hélio Scalvi, atualmente mora em Poços de Caldas, é  formado em geologia pela Unesp em 1976, graduado em Direito e com especialização em direito ambiental pela Puc. Foi representante  do Brasil durante 6 anos em reuniões dos países produtores de urânio na Europa e na África do Sul. Atuou como gerente da Mina de Urânio do Planalto de Poços de Caldas. Atualmente é consultor nas áreas de geologia, meio ambiente e direito ambiental.

Sobre o assunto, a Alcoa divulgou uma nota no site da empresa, leia íntegra abaixo:

Nota de Esclarecimento Devido ao rompimento de uma barragem de contenção de rejeitos de minério de ferro, na cidade de Brumadinho, Minas Gerais, na última sexta-feira, esclarecemos as possíveis dúvidas sobre as operações da Alcoa.

A Alcoa tem Unidades nos Estados do Pará, Maranhão e Minas Gerais. A Empresa é comprometida com a saúde, segurança e meio ambiente e opera dentro dos mais altos padrões nacionais e internacionais. Trabalhamos próximos às agências ambientais e reguladoras, incluindo a Agência Nacional de Mineração (ANM) e Secretarias do Meio Ambiente nos Estados onde estamos presentes para garantir excelência operacional e evitar riscos. 

As Áreas de Resíduo de Bauxita (ARBs) e Lagoas de Rejeitos, que são usadas pela Alcoa no Brasil, não têm similaridade em termos de engenharia e conteúdo com as barragens de rejeitos de minério de ferro, operadas por outras empresas. 

ARBs da Alcoa Poços de Caldas  –

As ARBs de Poços de Caldas são projetadas, construídas e operadas dentro dos mais rigorosos padrões e melhores práticas nacionais e internacionais. Todo o sistema está em conformidade com a legislação e regulação dos entes federais e estaduais, assim como auditoria independente e atualizações nos sistemas estadual e federal de informações sobre segurança de barragens; –

Temos 9 ARBs, sendo 4 em operação e 5 já reabilitadas, todas consideradas estáveis de acordo com a legislação e padrões internacionais. O plano de monitoramento e controle abrange as especificações técnicas estabelecidas na legislação, padrões de engenharia e da Alcoa; –

A Alcoa Poços de Caldas possui Plano de Ação de Atendimento de Emergência, detalhando as ações de monitoramento, mitigação e resolução de emergências, gerenciando os riscos, reduzindo e eliminando potenciais impactos internos e externos.

Desde os nossos operadores, lideranças operacionais e Equipe Líder, até as lideranças globais, atuamos diariamente sob os Valores da Companhia: Agir com Integridade, Operar com Excelência e Cuidar das Pessoas.

Alcoa Alumínio S.A.