Idosa foi encontrada caída em sua residência em Andradas.

Marta Libânio Monteiro  de 72 anos, faleceu na noite desta terça-feira (15), que estava internada na Santa Casa de Poços de Caldas, após ter sido  encontrada caída em sua residência no Jardim Giareta há uma semana. Médicos constataram que ela teve um avc.

A mulher que era uma funcionária assídua de uma empresa de móveis de Andradas, deixou  de comparecer ao trabalho na segunda-feira (08), uma irmã  foi avisada da ausência e foi com dois sobrinhos  até a residência da vítima. Ao chegarem no local, encontraram a casa trancada e  arrombaram a janela do quarto, onde  encontraram a mulher caída no chão com ferimentos na cabeça, sendo  socorrida pelo Samu na Santa Casa de Andradas, onde foi constato por exames médicos que a  mulher sofreu um avc (acidente vascular cerebral).

Segundo boletim de ocorrência, a direção da Santa Casa de Andradas acionou a Polícia Militar por haver suspeita de agressões. Ainda segundo o BO, aparentemente não havia sinais de arrombamento na casa,  que estava com todas as portas trancadas. A vítima estava só com roupas íntimas, mas segundo familiares, era normal porque ela morava sozinha e gostava de ficar à vontade.

Na semana passada tentamos contato com a família da idosa, que não quis falar sobre o o assunto.

Na tarde desta terça-feira (15), o delegado Fabiano Mazzaroto  que está investigando o caso há uma semana, deu uma coletiva de imprensa onde  afirmou que após perícia  na residência, laudos médicos,  oitiva de familiares, médicos  e  vizinhos  da idosa, chegou  à conclusão de que não houve crime. O delegado disse ainda que  nenhum vestígio de crime foi encontrado na residência da mulher, tudo estava  no lugar, inclusive com a televisão ligada e que a idosa não sofrera qualquer tipo de violência. Veja o vídeo.

O estado de saúde  da vítima se agravou e  foi transferida para um hospital de Poços de Caldas, vindo a falecer na noite desta terça-feira.

Investigação aponta que idosa não sofreu agressões

Investigação aponta que idosa não sofreu agressões Na tarde desta terça-feira (15), o delegado Fabiano Roberto Mazzaroto fez uma coletiva de imprensa sobre o caso da idosa M.L.M. de 72 anos, que sofreu um avc e foi encontrada por familiares em sua residência na segunda-feira (07/01), no Bairro Jardim Giareta na cidade de Andradas. Segundo o delegado após oitivas de testemunhas, perícia no local e laudos médicos, as investigações apontaram que não houve agressões contra a idosa.

Posted by Andradas Espiral on Tuesday, January 15, 2019